Voltar para a homepage  
     

Somos católicos a serviço da Santa Igreja Católica Apostólica Romana, graças ao Bom Deus!

"Os leigos, uma vez que, como todos os fiéis, são deputados para o apostolado em virtude do batismo e da confirmação, têm a obrigação geral e gozam do direito de, quer individualmente quer reunidos em associações, trabalhar para que a mensagem divina da salvação seja conhecida e recebida por todos os homens e em todas as partes da terra; esta obrigação torna-se mais urgente nas circunstâncias em que só por meio deles os homens podem ouvir o Evangelho e conhecer a Cristo. (CDC 225)" http://www.afecatolica.com/products/a-vida-e-miss%C3%A3o-dos-leigos1/

 

A seção "Fale conosco" está com defeito. Caso queira entrar em contato com qualquer sugestão ou crítica, favor enviar email para respostacatolica1@gmail.com ou xadrezexplicado@gmail.com. Muito obrigado!

 

IMPORTANTE: Temos muita admiração pelo querido Padre Paulo Ricardo. Cumpre informar que não se deve confundir o nome deste site (Resposta Católica) com a seção do site do referido sacerdote chamada "A Resposta Católica".  Esse esclarecimento se faz necessário porque algumas (poucas) vezes temos recebido carta de pessoas que estaríam se dirigindo ao Padre Paulo Ricardo. Que Deus continue abençoando esse fiel servo de Jesus Cristo.
  

Nota explicativa:

O site Resposta Católica não tem finalidade de lucro. Muito desse material (livros, textos, vídeos) foi encontrado disponível na internet. Procuramos sempre fazer menção ao autor e fonte.

 

Fazemos o possível para certificarmo-nos de que os materiais presentes no site são de domínio público ou de autoria do titular. Caso contrário, só publicamos material após a obtenção de autorização dos proprietários dos direitos autorais. Se alguém suspeitar que algum material do acervo não obedeça a uma destas duas condições, pedimos: por favor, avise-nos pelo e-mail: respostacatolica1@gmail.com ou jrkarpov@yahoo.com.br para que possamos providenciar a regularização ou a retirada imediata do material do site.

 

 DICA IMPORTANTE: use o programa VDownloader para baixar os vídeos do Youtube listados nesse site. Esse programa (o VDownloader) é gratuito e está disponível na Internet. Com ele você consegue baixar vários vídeos ao mesmo tempo.

 

Para pensar, refletir, meditar:

 

Se receamos ir diretamente a Jesus Cristo, nosso Deus, por causa da sua grandeza infinita, ou da nossa miséria, ou ainda dos nossos pecados, imploremos ousadamente o auxílio e a intercessão de Maria, nossa mãe. Ela é

boa e terna; nada tem de austero ou de repulsivo, nada de demasiado sublime e brilhante. Contemplando-a, vemos a nossa própria natureza. Ela não é o Sol, que pela vivacidade dos seus raios poderia cegar-nos por

causa da nossa fraqueza. Ela é bela e doce como a Lua (Ct 6, 9), que recebe a luz do Sol e a abranda a fim de adaptá-la à nossa pequenez. É tão caridosa que não repele nenhum dos que pedem a sua intercessão, por mais

pecador que seja. Pois, como dizem os santos, desde que o mundo é mundo, nunca se ouviu dizer que alguém que tenha recorrido à Santíssima Virgem, com confiança e perseverança, tenha sido por Ela desamparado.

São Luis Maria Grignon de Monfort, Tratado da Verdadeira Devoção.

 

Um dia, conversando com amigos, Ratzinger, ainda Cardeal, veio com um gracejo: "Para mim, uma confirmação da divindade da fé vem do fato de que ela sobrevive a alguns milhões de sermões todo domingo...

O católico deve estar sempre preparado para duas coisas: comungar e morrer...

"Eu seria louco se deixasse a Igreja Católica e voltasse ao reino da escravidão protestante" Cardeal Newman

“Há milhões de pessoas que odeiam o que erroneamente supõem o que seja a Igreja Católica” Bispo Fulton Sheen

São João Maria Vianney, o Cura d’Ars:
“Se conhecêssemos o valor da Santa Missa nós morreríamos de alegria”.

 “Deixai uma paróquia vinte anos sem vigário, e os animais passarão a ser adorados”. São João Maria Vianney

"Caríssimo: A piedade unida com a sobriedade é uma grande riqueza. Nada trouxemos a este mundo e sem dúvida nada podemos daqui levar. Se temos pois os alimentos e com o que nos cobrir, fiquemos satisfeitos com isso. Os que querem enriquecer, caem na tentação e no ardil do demônio e em muitos desejos maus e prejudiciais, os quais levam o homem à ruína e à perdição. Porque o amor ao dinheiro é a raiz de todos os males. Alguns, cobiçando-o apartam-se da fé e embaraçam-se em muitos vexames. Tu, porém, homem de Deus, foge dessas coisas; segue a justiça, a piedade, a fé, a caridade, a paciência, a mansidão. Combate o bom combate da fé e conquista a vida eterna." (I Tm 6, 6-12)


Santo Anselmo:
“Uma só Missa oferecida e ouvida em vida com devoção, para o próprio bem, pode valer mais que mil Missas celebradas na mesma intenção, depois da morte.”


Santo Tomás de Aquino:
“A celebração da Santa Missa tem tanto valor como a morte de Jesus na Cruz”.


São Francisco de Assis: “O homem deveria tremer, o mundo deveria vibrar, o Céu inteiro deveria comover-se profundamente quando o Filho de Deus aparece sobre o altar nas mãos do sacerdote”.


Santa Teresa de Jesus:
“Sem a Santa Missa, que seria de nós? Todos aqui embaixo pereceríamos, já que unicamente ela pode deter o braço de Deus. Sem ela, certamente que a Igreja não duraria e o mundo estaria perdido sem remédio”.


Em certa ocasião, Santa Teresa se sentia inundada da bondade de Deus. Então fez essa pergunta a Nosso Senhor: “Senhor meu, como poderei agradecer?” Nosso Senhor respondeu: “Assista uma Missa”.


Santo Afonso de Ligório
“O próprio Deus não pode fazer uma ação mais sagrada e maior que a celebração da uma Santa Missa”.


Padre Pio de Pieltrecina
“Seria mais fácil que o mundo sobreviva sem o sol do que sem a Santa Missa”.

 

Padre Pio de Pieltrecina
A Missa é infinita como Jesus… pergunte a um Anjo o que é a Missa e Ele responderá: “em verdade entendo o que é e porque se oferece, mas não posso entender quanto valor tem”. “Um Anjo, mil Anjos, todo o Céu, sabe isto e pensa assim”.

 


São Lorenzo Justino
“Nunca língua humana pode enumerar os favores que se correlacionam ao Sacrifício da Missa. O pecador se reconcilia com Deus; o homem justo se faz ainda mais reto; os pecados são perdoados; os vícios eliminados; a virtude e o mérito crescem, e os estratagemas do demônio são frustrados.

 

“Deus juntou todas as águas e as chamou Mar… juntou todas as graças e as chamou Maria” (São Bernardino de Sena, citado por S. Luiz Maria Grignon de Monfort no Tratado da Verdadeira Devoção)